Crônica de minuto para quem enxerga bem

Ilustração: Jeff Turner/Flickr.com

À minha frente, na fila, ela chegou a esbarrar em mim. Desculpou-se. Não foi nada, respondi. Pediu um pão de queijo, um espresso, quis saber se tinham macaron. Quando o gerente do café, Thiago – não posso ver crachá, que leio –, aproximou a maquininha do cartão da mão tateante da moça, foi que notei. Era cega. E estava de salto alto. Eu, que tenho dois olhos funcionando bem, não me animo a reativar os meus, empoeirando no armário.

Olhos cegos não são olhos desligados. Tampouco são como aqueles bolsos falsos, só decorando a roupa. Olhos cegos inventam para si outra função. Aprendem o invisível. Farejam o oculto. São bolsos onde a alma guarda alguns dos seus segredos.

O Thiago, que enxerga longe, não só a ajudou na hora de pagar, como a acompanhou até a mesa. Fez a acessibilidade na prática, recheada de gentileza.

O contraponto: no final do nosso lanche o Luca, sete anos, quis mais um croissant. Dei-lhe três reais, deixei-o ir comprar sozinho. Ele ficou na fila, bonitinho. Na sua vez, o Thiago não o enxergou junto ao balcão que tinha quase a sua altura, e já ia atendendo o próximo freguês. O que os olhos do Thiago não viram de perto, meu coração sentiu de longe. Levantei-me e fui ao caixa, ajudar meu filho.

Enxergar ou não enxergar. Eis a questão.

4 comentários em “Crônica de minuto para quem enxerga bem

  1. Ai Sil, eis a questão…

    também não me animo mais com o salto alto e olha que já faz tempo. Agora com a barriga crescendo, mais preguiça me dá.

    Aconteceu algo parecido com Guguinho, ele quis mais um iogurte, falei para pegar na geladeira da padaria e dar para a moça marcar no cartão.

    Ele foi, mas a moça não olhava para ele na hora de marcar e quando olhou, ergueu os olhos, procurando a mãe da criança para confirmar a marcação do pedido…

    e pra fechar, acho que foi no pequeno principe q li, aquela frase que diz q só se vê bem com o coração, assim é!

    beijocas

    Curtir

  2. Nossa, como estamos todos sintonia mesmo.
    ACABEI de publicar no LETRAS e a última frase é “Só vê aquele que é cego”… e venho aqui, vc falando de visão ou, a falta dela…rs…

    Seja como for, quem não enxerga, vê.
    Quem vê, muitas vezes não enxerga nada, nem um milímetro !!!
    Um bj e agora que consegui visitar seu cantinho, desligo tudo.
    Boa noite.

    Curtir

Deixe uma resposta para Nara Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s