Crônica de minuto em 3D

Arte: Isabelle

Não me convide para assistir um 3D no cinema, eu não vou (mais). Não insista. Não carece pagar meu ingresso, queisso. É que não gosto dos óculos, são grandalhões e incômodos. Ocupam tanto espaço no meu rosto que me distraem, perco várias cenas imaginando como fico com eles. Os fabricantes não precisariam chegar ao ponto de consultar um esteta ótico, mas noções básicas de ergonomia ajudariam um bocado. Da poltrona, me volto para trás; quero conferir quem, além de mim, desistiu deles nos primeiros quinze minutos e assistiu o resto do filme sem. Ninguém. Estou só.

Está bem, não é só por isso. Também não enxergo direito com eles, sou a cega em terras de reis e rainhas e príncipes, todos sentados. Os óculos embaçam. Escurecem tudo, dão reflexos. O efeito especial mais nítido é o que me faz ter a precisa sensação de ter comprado gato por lebre.

Sim, há mais. Quem disse que quero estar ali, no meio da aventura, tal uma espectadora-coadjuvante? Quem declarou que a humanidade ama 3D? Deve ter havido algum plebiscito mundial votando a questão, o qual não fiquei sabendo e, portanto, faltei.

Isso posto, agora sei das três dimensões: desconforto, desserviço, dispêndio.

Realidade virtual, realidade 3D. Excessos de interatividade, exageros da cumplicidade. Viver já é uma experiência sensorial e tanto. Às vezes, sinto falta da realidade, somente ela.

About these ads

4 respostas para “Crônica de minuto em 3D

Quer comentar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 266 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: