O pombo do mágico

Ilustração: Babbletrish/Flickr.com

É dura, a vida de pombo de mágico.

O bichinho precisa estar impecável, imaculado e bem treinado, sempre pronto para o show. Finge que desaparece de um lado, enquanto o colega, idêntico, faz de conta que reaparece do outro. Companheiro de trabalho do coelho, pombo de mágico deve obediência cega ao seu dono. Uma espécie de cão alado. Por conta do ilusionismo, é transformado em lenço. Quer maior anulação de uma existência? Verdade seja dita: bem que eu queria poder desaparecer e reaparecer na hora que desse na telha. Por conta própria, porém. Eu dispensaria o mágico.

Pombos são associados à paz, culpa da Bíblia. Então não foi num pombo que o Espírito Santo se transformou, por ocasião do batizado de Jesus? Mágico, portanto, é profissão das mais antigas. Branquinhos e em bando, em espetaculares revoadas, arrepiam qualquer um, cristão ou não. Foi também essa ave uma das protagonistas do episódio de Noé e sua arca. Conta-se que, passado o dilúvio, causado por Deus a fim de lavar do mundo toda a maldade, Noé pediu a um pombo que saísse da arca e fosse conferir a situação. Pouco tempo depois, ele retornou com um ramo de oliveira no bico. As águas haviam baixado, então. Assim, o pombo foi promovido a mensageiro da paz. Quanto à extinção da maldade, Deus deve ter desistido. Isso, nem com mágica.

Apesar das histórias, duvido que os pombos saibam do nobre significado atribuído a eles. Pombo quer é arrulhar, ciscar e manter a barriguinha cheia. Quando lhes dou pipoca na praça, os mais fortes disputam a comida obstinadamente, sem dó dos mais fracos. Já cuidei de um por algumas semanas. Ferido em sua pequena asa – o que, sem mágica nenhuma, faria dele uma presa fácil –, dei-lhe abrigo, alimento, água e carinho. Quando se curou, soltei-o e ele chispou o mais rápido que pôde. Nunca mais voltou. O que um pombo pode ter a ver com paz? Titicas indesejadas são suas principais características. Bichos, inclusive, não teorizam sobre a paz. Isso é coisa de gente. Bicho vive, ou não, em paz. E pronto. O pombo do mágico, por exemplo, não tem paz. Apesar de lhe pertencer, não tem os poderes de seu tutor. Tivesse, certamente se converteria num passarinho de realejo. Tirando a semelhança das condições de trabalho, ele viveria ouvindo música e escolhendo a sorte das pessoas. Muito mais divertido.

About these ads

One response to “O pombo do mágico

  • Albuq

    O pombo do mágico trabalha viu, e como. Agora o pombo em si tem significados lindos, sem falar que os bombos são as únicas aves que casam e continuam com o mesmo parceiro até morrer.

    bjsssssss

Quer comentar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 215 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: