Carta para J., que está triste

Ilustração: João Grando/Flickr.com

Querida

Deus deveria ter instalado em nós um botão chamado ‘colo’. Na hora T, de tristeza, era só apertar e um monte de amigos apareceriam na nossa frente. Um para fazer aquele café bem forte, outro para ajeitar o cabelo da gente, outro para contar piada. Como não sei fazer café, nem contar piada, botaria uma flor no seu cabelo.

Já que você não quer me contar de jeito nenhum o que aconteceu, a ponto de nem querer saber daquele sapato cintilando para você na vitrine, ontem à tarde, eu vou por tentativas. Se eu acertar, você sorri.

Para o caso de ter sido aquele seu namorado enjoativo, eu tenho a solução: água tônica com limão espremido e gelo. Enquanto ele desfia o rosário, você vai tomando, para não embrulhar o seu estômago. É tiro e queda. Vai lhe dar mais disposição, inclusive, para mandá-lo passear. Definitivamente.

Na hipótese do Horácio ter fugido de novo, o jeito é esperar. Gato é assim mesmo. Gente geralmente avisa quando vai viajar, gato não. Ele se pirulita e pronto. Depois volta. Se não voltar em dez dias, a gente faz um cartaz bem bonito e põe em tudo quanto é lugar. Quem sabe ele mesmo não acaba vendo e lembra que tem dono? É bom não esquecer, porém, que cada um tem o seu caminho neste planeta. A gente não pode, nem deve, ter o controle de tudo.

Vamos supor que aquela sua sobrinha que foi fazer intercâmbio na Austrália tenha se metido em outra encrenca. Esse é o padrão dela, o que se há de fazer? Fique sossegada, ela costuma escapar ilesa. No mais, nada de ruim acontece na Austrália. Até o Nemo, aquele peixinho do filme, conseguiu voltar para casa.

Imaginando que possa ser seu novo corte de cabelo, e essa cor, é preciso ser honesta: bonito, bonito mesmo, não ficou. Mas cabelo é como a grama do jardim; você se esquece dela uns quinze dias, e ela já está grande, é hora de aparar de novo. E ele nem ficou verde. No Natal de 2005 ficou, lembra? E nem por isso você perdeu a alegria de viver.

Não vi o sorriso, J. Por que você está tão triste? Mas o que foi que aconteceu? Já sei. Às vezes, na vida, está tudo bem, tudo certo. Não falta nada em casa, o filho passou de ano, o cliente aprovou a campanha. Tudo caminha nos conformes. Mas a tristeza insiste em virar sombra. Aí é que mora o perigo: um dia, a camélia cai do galho, dá dois suspiros, e morre.

Melhor Deus incluir esse botão na próxima revisão de projeto.

Beijos,

About these ads

13 responses to “Carta para J., que está triste

  • cleilson

    A vida tem realmente surpresas … não muito boas.
    Quando precisamos de um colo, levamos um golpe…
    E de quem não se esperava…
    Não entendo o que magoou tanto as pessoas.

    Curtir

  • Cláudia Paulino

    Ai, Silmara…
    Fazia tempo que eu não passava aqui.
    Toda vez que venho fico me perguntando como posso:
    Essa moça existe ??? Como alguém pode escrever coisas tão lindas ???
    Como alguém pode escrever palavras que cabem direitinho dentro do meu coração ???
    Eu estou triste. Não foi o gato que fugiu, nem o corte de cabelo, tão pouco a sobrinha no intercâmbio… e sim uma tristeza que insiste em morar dentro do peito. Já despejei a “talzinha” tantas vezes, mas quando ela aparece costuma passar temporadas inteiras !!!
    Lindinho demais o seu texto.
    Acabei lendo em voz alta pra ver se a “talzinha” escuta, se manca e vai embora…
    Quem sabe ???
    Beijooocas cheias de admiração…
    P.S. Adooorei o detalhe do “Nemo”, bunitinho !!!

    Curtir

  • Rosana Tibúrcio

    Delícia de carta. Mais que recebê-la eu gostaria de ter escrito. Juro que não é inveja, só elogio. Eu gosto de mim.
    Tava com saudades de passar aqui, assim, com mais tempinho.
    Amanhã volto, preciso de texto bom na minha cabeça/coração.
    beijossss

    Curtir

  • Tânia

    Pois é, que falta faz esse botão chamado colo, não?
    Gosto tanto de seus textos que outro dia abri um post para comentar isso, que o seu é um dos meus três blogs favoritos na blogosfera. Estou sempre passando aqui.
    Beijo

    Curtir

  • Rafa

    A carta que qualquer amigo triste gostaria de receber.

    Curtir

  • Josi

    Apesar de meu cabelo não ter ficado verde, nem ter um namorado tão mala (graças a Deus)… eu também estava tristinha por tanta coisa ruim que tem acontecido com nosso clima… então, com o gancho da letra inicial do nome, tomei pra mim as palavras e sorri mo final… obrigada, Sil…
    um beijinho carinhoso.

    Curtir

  • paula mello

    Tem dias que a gente simplesmente está triste, minha avó dizia que era por que a nossa alma estava com saudade do céu…Olha que lindo isso…

    Para mandar a tristeza da alma embora, a minha receita: Amália Rodrigues para chorar até secar tudo, depois…Bom, a vida continua. A próxima, por favor!

    Uma semana iluminada!

    Curtir

  • LILIAN GRATTI

    Sil… q lindo!
    Queria saber escrever como vc!!! rs Sou mto confusa em colocar sentimento no papel!!!
    E hj tem FNac, certo?
    Se conseguir ir, te procuro pra um abraço!
    Bjs
    da Li

    Curtir

    • Silmara Franco

      Lilian, o lançamento do livro é na Livraria Cultura do Iguatemi… Não é na Fnac… rsrs
      Passe lá, vou adorar conhecer você.
      Beijos, querida.

      Curtir

  • Cris

    Quanta sensibilidade!
    Estou me candidatando à sua lista de amigas, pode?! rs

    Linda carta.

    Curtir

  • Ana Paula Monteiro

    Sil querida….
    suas cartas….lindas, lindas, lindas…Este seu talento para escrever na medida certa. As palavras no capricho.
    Beijos linda.
    Ana.

    Ah…Lê esta melhor. Já voltou a sorrir…o que é ótimo para meu coração de mãe.

    Curtir

  • Viviane

    Pronto!!! Já coemçei o dia inspirada depois do privilégio de ler mais uma vez seu texto. Só que dessa vez, não em contive…
    Precisei comentar… Como é bom ler o que você escreve. Parabéns Silmara!!! Que Deus continue te enchendo de sensibilidade e te inspirando, para nossa alegria…, claro :)
    Bjs

    Curtir

  • Mango

    Seus textos são lindos, parabéns!

    Curtir

Quer comentar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 253 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: